Rss

Archives for : Notícias

Marques se emociona com última homenagem no ‘velho Mineirão’

 

O atacante colocou os pés na calçada da fama do estádio e ganhou da diretoria uma camisa com o número 386 às costas, representando os jogos do ídolo pelo clube A justa homenagem prestada pelo Atlético e pela Ademg, antes da partida contra o Ceará, neste domingo, foi mais uma emoção para o ex-atacante Marques. O ídolo da torcida, que encerrou a carreira ao não ter o contrato renovado pelo clube, colocou os pés na Calçada da Fama do Mineirão. Ele ainda recebeu da diretoria do Galo uma camisa com o número 386 às costas, representando os jogos que o ex-atleta defendeu o alvinegro.
A homenagem foi ainda mais marcante para Marques, pelo fato de ser a última do Mineirão antes do fechamento do estádio, que passará por intensa reforma visando à Copa do Mundo de 2014. A previsão é de que o novo e remodelado palco do futebol mineiro esteja pronto no início de 2013.
Marques não escondeu a emoção com a homenagem e agradeceu o carinho da torcida, que gritou o nome do ídolo do lado de fora do estádio, enquanto o evento ocorria no hall de entrada. “É muita emoção, eu vivi isso a cada dia vestindo a camisa do Atlético, não tem preço ou palavras para descrever. Foi uma grande honra ter vestido essa camisa por 386 vezes”, afirmou.
Ele também destacou os grandes jogos disputados no Mineirão, no período em que defendeu o Galo. “O Mineirão foi meu parceiro, é emocionante estar aqui fechando o estádio. Foi maravilhoso atuar aqui com a camisa do Atlético. Foi meu grande palco, tive glórias e momentos maravilhosos, dei passes para gols de grandes parceiros de ataque que tive aqui. Deixei minha história no estádio, isso foi fantástico”, declarou.
Marques relembrou momentos difíceis que viveu no Atlético, todos superados pela força de vontade do ídolo. E considera que fechou a carreira em grande estilo, com o gol feito na vitória por 2 a 0 contra o Ipatinga, na decisão do Campeonato Mineiro, quando decretou o triunfo e comemorou transformando a camisa alvinegra em uma espécie de bandeira.
“Tudo tem o momento de acabar, tive grandes momentos no futebol, mas isso acabou. O importante é que tudo foi maravilhoso. Foi um sonho, superei tantas coisas aqui, lesões que nos deixaram até desacreditados. E ainda fechei a carreira com um grande gol, que ajudou o Atlético a conquistar o título. Foi marcante, saio desse processo de cabeça erguida, isso é o que importa”, enfatizou.

(Fonte: www.superesportes.com.br)

Ex-jogador Marques é homenageado pela ALMG

 

  • Descrição da Foto 1
  • Descrição da Foto 1
  • Descrição da Foto 1
  • Descrição da Foto 1
  • Descrição da Foto 1
  • Descrição da Foto 1

Em um Plenário lotado de torcedores, o ex-jogador de futebol e atacante do Atlético Marques recebeu da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, na noite desta segunda-feira (21/6/10), o título de cidadão honorário do Estado. A Reunião Especial foi presidida pelo 1º vice-presidente da ALMG, deputado Doutor Viana (DEM). Aos gritos de “olê, Marques, olê, Marques!”, o ex-atleta entrou no Plenário acompanhado pelo autor do requerimento para a homenagem, deputado Eros Biondini (PTB).

O parlamentar destacou que Marques conquistou não só a torcida atleticana, mas todos os torcedores do Estado. Biondini lembrou que seu requerimento teve o apoio de todos os 77 deputados estaduais mineiros. “Este é um momento histórico e único, pois o cidadão honorário se torna um legítimo cidadão da terra. Onde quer que o Marques vá ele poderá dizer que é um cidadão mineiro”, afirmou. Ele lembrou a trajetória de sucesso do ex-jogador no Atlético, que culminou na vitória contra o Ipatinga na final do Campeonato Mineiro de 2010.

Em seu pronunciamento, Doutor Viana afirmou que, apesar do show do grupo Skank no Mineirão no último final de semana, o verdadeiro espetáculo de despedida do estádio ocorreu na final do Campeonato Mineiro deste ano, “quando Marques, cuja entrada em campo havia sido aclamada minutos antes pela torcida, fez o gol que provocou na massa presente uma explosão simultânea de risos e lágrimas de alegria”.

Já o deputado Dilzon Melo, torcedor do Cruzeiro, saudou o novo cidadão honorário de Minas Gerais enaltecendo as qualidades como atleta e como pessoa do ex-camisa 9 do Atlético Mineiro. “Uma das virtudes que dignificam qualquer pessoa, a humildade, Marques tem de sobra”, frisou o parlamentar.

Bastante emocionado, Marques agradeceu a homenagem e disse que fez questão da presença de seus familiares, que moram em São Paulo, para que eles vissem de perto tudo o que ele conquistou em Minas. Marques lembrou sua chegada ao Atlético em 1997 e a empatia imediata ocorrida com o clube. “O Estado me abraçou desde o momento que cheguei, e a recíproca é verdadeira”, disse ele. Por isso, ressaltou que se sente muito honrado em receber o título de cidadão honorário de Minas.

Marques ao Batista de Abreu nasceu em Guarulhos (SP), em 1973, tendo iniciado sua carreira de jogador profissional no Corinthians, em 1993. No Atlético, ele esteve entre 1997 e 2002, entre 2005 e 2006 e, finalmente, entre 2009 e 2010, quando deixou os gramados. Entre os recordes que acumula, Marques é o jogador que mais vestiu a camisa do Galo em jogos do Campeonato Brasileiro (192 vezes). É ainda o nono artilheiro da história do clube. Entre 1997 e 2005, recebeu o Troféu Guará, da Rádio Itatiaia, de melhor atacante por sete vezes. Em outras duas, foi premiado como craque do ano. Recebeu também o troféu Telê Santana de melhor atacante em 2001 e de craque do ano em 2001 e 2005.

O diploma de cidadão honorário a Marques foi entregue pelos deputados Doutor Viana e Eros Biondini. O Hino Nacional, entre outras canções, foi interpretado pelo grupo Bombeiro Instrumental Orquestra Show. Compuseram a mesa, além dos deputados, a vereadora de Belo Horizonte Elaine Matozinhos, o representante do Clube Atlético Mineiro Marcelo Lasmar, e o vice-presidente da torcida organizada Galoucura, Willian Palumbo Ferrugem.